SESMT: O que significa e quais são os principais objetivos.

Promova saúde e bem estar na sua empresa.

SESMT: O que significa e quais são os principais objetivos.

SESMT

O que é o SESMT?

SESMT é a sigla para Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho.

E uma equipe especializada em Saúde e Segurança que atua nas próprias  empresas visando a proteção dos trabalhadores.

O serviço é acompanhado pela Norma Regulamentadora nº 4 (NR 4). A norma foi aprovada pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e consta na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Quais são os profissionais que compõem o serviço?

Nesse sentido, a NR 4 exige que o SESMT seja constituído por cinco cargos:

  • Engenheiro de Segurança do Trabalho;
  • Médico do Trabalho;
  • Enfermeiro do Trabalho;
  • Auxiliar de Enfermagem do Trabalho;
  • Técnico de Segurança do Trabalho.

Qual o objetivo do SESMT?

  • Determinar o uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI), de acordo com a NR 6;
  • Promover programas, campanhas e outras atividades de conscientização, educação e orientação dos trabalhadores, visando prevenir acidentes de trabalho e doenças ocupacionais;
  • Esclarecer e orientar os empregadores quanto aos riscos eminentes;
  • Registrar e descrever os casos ocorridos na empresa.

Qual a importância do SESMT nas empresas?

Através de palestras, campanhas e programas na empresa, a equipe atua constantemente em prol da prevenção de acidentes e doenças laborais, criando um ambiente de sólida conscientização sobre a segurança do trabalhador.

Quais são os Maiores  benefícios?

São inúmeros, tais como:

  • Cria-se um ambiente saudável para os funcionários;
  • Com bem-estar e qualidade de vida, reduz-se o absenteísmo;
  • Há ganho em produtividade e, consequentemente, nos lucros;
  • A empresa diminui gastos com benefícios acidentários.
SESMT
SESMT

Quais empresas são obrigadas ao SESMT?

A NR 4 determina que devem manter obrigatoriamente o SESMT todas as empresas privadas e públicas, bem como os órgãos públicos e dos poderes Legislativo e Judiciário que tenham empregados regidos pela CLT.

Contudo, também é preciso levar em conta a dimensão do SESMT, que abordaremos logo em seguida.

Veremos que isso depende, principalmente, do grau de risco da atividade da empresa e do número de empregados. Fazendo com que, a despeito da sua importância, algumas organizações não precisem criá-lo.

Como fazer o planejar o SESMT?

De acordo com o que estabelece a NR 4, o dimensionamento do time do SESMT vincula-se a dois fatores: à gradação do risco da atividade principal e ao número total de empregados.

Segundo essas condições, a empresa define a quantidade de profissionais necessária para compor o SESMT e as atividades a serem desempenhadas por eles.

De modo que, quanto maior o grau de risco, maior deverá ser o corpo especializado.

A relação entre estes dois dados pode ser determinada a partir do Quadro I e do Quadro II, anexados à NR 4.

Para finalizar, lembramos que o SESMT é um dos responsáveis pela organização da SIPAT.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *